Filmes

Crítica: It – a coisa

Resultado de imagem para it a coisa

Na nova adaptação do livro It – a coisa do aclamado mestre do terror Stephen King, o público conhecerá a história de sete crianças que são excluídas na escola. Em meio á abusos, racismo e bullying, eles formam o Clube dos Perdedores. No verão de 1958, o irmão mais novo de Bill some misteriosamente e, depois dele, outras crianças também começam a desaparecer. Bill acredita que o irmão ainda esteja vivo e, assim, começa uma busca para encontrá-lo.

Bill (Jaeden Lieberher), Richie (Finn Wolfhard), Stan (Wyatt Oleff), Mike (Chosen Jacobs), Eddie (Jack Dylan Grazer), Ben (Jeremy Ray Taylor) e Beverly (Sophia Lillis) descobrem a presença do Palhaço Pennywise (Bill Skarsgard), uma criatura maligna e sobrenatural que se alimenta do medo das crianças. Juntos, as crianças lutam para matar a coisa e prometem que, se um dia Pennywise retornar, eles estarão juntos novamente para acabar de vez com a criatura.

Skarsgard está magnifico no papel de Pennywise, com seus olhares e sorrisos macabros. Toda vez que o palhaço entra em cena, o público pode esperar brutalidade, muito sangue e membros decepados. Nesse filme, ele não é o foco do enredo – mesmo que ele seja a grande ameaça da história -, o roteiro foca mais em trazer a amizade das crianças. Explorando os dilemas e problemas que as crianças enfrentam, o longa consegue a simpatia do público, com a ajuda da performance dos atores mirins – principalmente de Lillis, a única garota no grupo.

Resultado de imagem para it a coisa crianças dominio publico

Diferente da primeira adaptação de It, em 1990, o filme de Andy Muschetti não é apenas um gênero. Misturando cenas de horror e comédia, a sensação que o público tem é de aventura, com abordagens de assuntos como depressão e pedofilia. Tudo isso junto com a figura de Pennywise que é tão assustador quanto o de Tim Curry.

Para quem já leu o livro, vai sentir falta de ver as crianças adultas. Mas calma, um novo filme está a caminho. It – Chapter Two deve ser lançado em 2019 trazendo as crianças – que já serão adultas – 27 anos depois dos acontecimentos do primeiro filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s