Resenhas

Em Águas Sombrias, Paula Hawkins

Sem título-2

“Beckford é um local para se livrar de mulheres encrenqueiras.”

Há um rio que cruza a pequena cidade de Beckford, no interior da Inglaterra. O trecho conhecido como O Poço dos Afogamentos é o palco para misteriosas tragédias desde o tempo de caça as bruxas. Muitas mulheres morreram nas águas escuras do rio. Algumas foram assassinadas, outras cometeram suicídio.

Quando o corpo de Nel Abbott é encontrado no rio, ninguém sabe ao certo o que aconteceu. Todos a conheciam na cidade por ser fanática pelo Poço dos Afogamentos e pelas histórias das mulheres que perderam suas vidas ali. Inclusive, Nel estava escrevendo um livro sobre essas mulheres. Será que foi sua história que a transformou em mais uma vítima do rio?

Pouco tempo antes, Kate, a garota modelo, estudiosa, amorosa, também foi encontrada morta nas águas do rio. A garota de apenas 15 anos havia se suicidado e o motivo ninguém sabe. O fato é que Kate era melhor amiga de Lena, a filha de Nel e essa coincidência deixa os leitores curiosos para saber se as duas mortes têm ligação ou não, por que fica claro que Kate escondia alguma coisa.

“Ainda assim. Eu não estava gostando daquilo. Não estava gostando do fato de duas mulheres terem morrido naquelas águas no intervalo de dois meses e de elas se conhecerem. Tinham uma ligação, com o local e com as pessoas. Eram ligadas por Lena: melhor amiga de uma, filha da outra.”

Jules é irmã mais nova de Nel e há muito tempo que as duas não se dão bem. Ela fugiu da pequena cidade de Beckford e prometeu nunca mais voltar, mas agora ela é obrigada pois precisa cuidar da sobrinha já que é a única família que restou para garota. Ao longo das páginas, o leitor é presenteado com flashbacks da infância de Jules e assim é revelado o por que ela tem tanto medo da cidade onde cresceu e mágoa da irmã mais velha.

A narrativa é contada pelo ponto de vista de alguns personagens e isso pode deixar o leitor um pouco confuso no começo, mas é fácil de se acostumar quando se percebe que é essencial saber o ponto de vista de alguns personagens sobre os últimos acontecimentos. Vários personagens escondem algum segredo e depois que esses segredos são expostos o leitor começa a montar o quebra cabeça sobre as mortes de Nel e Kate.

A trama de Em Águas Sombrias é sobre um drama familiar real e doloroso. E a maneira que Paula Hawkins escreve faz com que os leitores sintam na pele o que os personagens envolvidos sentem: a dor da perda, o medo, a raiva, o desejo de vingança, a certeza de que nunca irá se recuperar após perder alguém que ama. As páginas desse livro são recheados de suspense, drama, segredos e, principalmente, realidade. Os temas tratados fazem parte do cotidiano, o que torna o livro mais real e reflexivo. Adorei Em Águas Sombrias e já estou louca por mais livros da autora.

Leia também:
A Garota no Trem, Paula Hawkins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s