Seriados

Review: The Crown – 1ª temporada

Resultado de imagem para review the crown 1 temporada

The Crown aborda de maneira excelente a vida da Rainha Elizabeth II, com o foco principal na coroa como o título já deixa claro. Em 10 episódios, o roteirista e criador Peter Morgan mostra na série de produção mais cara da história da Netflix o casamento de Elizabeth (Claire Foy), aos 21 anos, com Philip (Matt Smith), e seu preparo para assumir a monarquia em um futuro próximo já que seu pai Rei George VI (Jared Harris) está lutando contra um câncer.

Presenciamos a diferença entre a Elizabeth mãe, esposa, filha e irmã da Elizabeth II, a Rainha. Elas não são a mesma pessoa e há inúmeros diálogos durante a série com o objetivo de fazer o telespectador entender essa transição que quanto mais o tempo passa, mais se torna difícil. A série não romantiza a coroa, pelo contrário, a intenção é mostrar o quanto esse trabalho é difícil.

A série mostra os problemas enfrentados nos primeiros anos da coroação de Elizabeth. Seus dilemas, as questões familiares, questões do estado, a decisão que ela precisa tomar como Rainha em relação a sua irmã, a Princesa Margaret (Vanessa Kirby), que começa a seguir os mesmos passos do tio Duque de Windsor (Alex Jennings) que abdica do trono para casar com uma mulher divorciada. Proibir o casamento da irmã é algo que Elizabeth não está feliz em fazer, porém ela precisa tomar essa decisão devido ao grande escândalo que isso ocasionaria para a Coroa.

Resultado de imagem para review the crown 1 temporada

A série foi planejada para seis temporadas, com 10 episódios cada. Em cada temporada, o roteiro irá abordar mais ou menos dez anos na vida da Rainha. Mostrando seus dilemas, os problemas que ela precisa enfrentar como governante do Império Britânico.

A interpretação de Claire Foy está impecável. Ela traz humanidade para a personagem, acompanhando de uma forma incrível a transição de Elizabeth. No inicio da temporada, Elizabeth é tímida e doce, mas aos poucos cede lugar á uma forte governante. E Foy faz essa transição com maestria, digna de um Globo de Ouro. Matt Smith também entrega uma incrível interpretação. Ele consegue fazer com que o telespectador veja um Philip apaixonado pela esposa, porém sofrendo com a transformação da mesma. Ele tem que abrir mão da vida que deseja ter para ter uma vida pré estabelecida onde ele é jogado para escanteio sem vontade própria.

Com atuações maravilhosas e um cuidado minucioso com a história, The Crown entrega uma primeira temporada excelente, com muito potencial. A segunda temporada estreou na Netflix no último dia 8 e também já mostra que há 10 episódios de peso. Em breve o review da segunda temporada já estará disponível aqui no blog.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s