Resenhas

As Crônicas de Gelo e Fogo: A Guerra dos Tronos, George R.R. Martin

A Guerra dos Tronos“Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha – uma cruel mulher do clã Lannister. E sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda a sua família. Quem vencerá a guerra dos tronos?”

“O inverno está chegando.”

O continente é Westeros e o rei é Robert Baratheon. Ele acaba de perder a Mão do Rei, Jon Arryn. Ser Mão do Rei é um cargo importante e todos os cavaleiros dos sete reinos sonham com tal cargo. Depois da morte de Arryn, todos se perguntam quem será o escolhido do Rei Robert.

A resposta está  em uma terra onde o verão pode durar décadas e o inverno uma vida inteira, onde o melhor amigo do rei vive. Lorde Eddard Stark – ou Ned – vive em seu Castelo em Winterfell ao norte, junto com a esposa Catelyn e os filhos: RobbRickonAryaBranSansa e o filho bastardo Jon Snow. O brasão da Casa Stark é o lobo e cada filho tem um lobo gigante de estimação. Com a ida do Rei e toda sua família até Winterfell começa a verdadeira guerra dos tronos.

Em paralelo, somos introduzidos a história dos últimos descendentes vivos do Sangue de Dragão: Daenerys e seu irmão, Viserys. Em uma tentativa de recuperar o Trono de Ferro, Viserys vende a irmã para Khal Drogo, líder de um grupo de Dothrakis, em troca de um exército para lutar por ele em Westeros e derrotar o Usurpador. Como presente de casamento, Daenerys ganha três ovos de dragão que ela carrega com ela o tempo inteiro e os mantém aquecidos.

Jon Snow sente que não tem lugar em Winterfell e decide seguir os passos de seu tio em vestir preto e servir a Patrulha da Noite. A situação da Patrulha é complicada. Eles não tem patrulheiros suficientes para garantir a segurança da Muralha. E agora precisam enfrentar os Outros – criaturas mortas-vivas que vivem no outro lado da muralha.

Ned aceita ser Mão do Rei para investigar a morte de Jon Arryn que acredita-se se tratar de um assassinato e não de doença. Mas ao chegar a Porto Real com seus guardas e suas duas filhas, descobre uma rede de mentiras e traições onde nem ele nem sua família estão seguras e muito menos o Rei.

“No Jogo dos Tronos, ou você ganha, ou você morre.”

A leitura do livro é muito fácil e flui facilmente. Os capítulos são divididos por personagens assim nos permitindo ver os acontecimentos pelo ponto de vista de cada personagem apresentado. Não há como classificar os personagens em “bons” ou “maus”. Todos os personagens passam por ameaças, decisões importantes e assumem as responsabilidades por seus atos.

O livro é imprevisível, brutal e sangrento. E é muito bem escrito. George Martin provavelmente pesquisou a história inteira da humanidade para escrever sua série que já conta com cinco livros publicados. E já é minha preferida.

Anúncios

2 comentários em “As Crônicas de Gelo e Fogo: A Guerra dos Tronos, George R.R. Martin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s