Resenhas

O Livro dos Espelhos, E. O. Chirovici

O Livro dos Espelhos“Quando o agente literário Peter Katz recebe por e-mail um manuscrito parcial intitulado O livro dos espelhos, ele fica intrigado. O autor, Richard Flynn, descreve seus dias em Princeton, e documenta sua relação com Joseph Wieder, um renomado psicólogo, pesquisador e professor. Convencido de que o manuscrito completo vai revelar quem assassinou Wieder em sua casa, em 1987 — um crime noticiado em todos os jornais mas que jamais foi solucionado —, Peter Katz vê aí sua chance de fechar um negócio de um milhão de dólares com uma grande editora. O único inconveniente: quando Peter vai atrás de Richard, ele o encontra à beira da morte num leito de hospital, inconsciente, e ninguém mais sabe onde está o restante do original. Determinado a ir até o fim neste projeto, Peter contrata um repórter investigativo para desenterrar o caso e reconstituir o crime. Mas o que ele desenterra é um jogo de espelhos, uma teia de verdades e mentiras, e uma trama mais complexa e elaborada que a do primeiro lugar na lista de mais vendidos dos livros de ficção.”

Peter Katz  é um agente literário que recebe um manuscrito de um livro intitulado O Livros dos Espelhos. O autor é Richard Flynn e ele conta nesse romance sua passagem por Princeton e como conheceu o renomado professor Joseph Wieder, antes do mesmo ser assassinado em sua casa. Em sua carta de apresentação, Flynn alega que o livro será essencial para solucionar o caso que está há 28 anos em aberto sem nunca ninguém descobrir quem foi o assassino.

O manuscrito está pela metade e Peter tenta entrar em contato com Flynn para conseguir o resto do romance. Contudo, Flynn está em coma e ninguém sabe onde ele guardou o resto do manuscrito. Sendo assim, Peter contrata um jornalista para investigar os fatos e tentar descobrir o que aconteceu no ano de 1987.

John Keller entrevista as pessoas que aparecem na primeira parte do manuscrito. Cada uma conta os fatos que ocorreram de uma maneira diferente entre si e diferente do que Richard escreveu em seu manuscrito. A principal “personagem” é Laura Baines. Em seu manuscrito, Flynn descreve que ela era sua namorada e que foi através dela que ele conheceu Joseph. Revela ainda que eles eram muito próximos e que, várias vezes, desconfiava que eles tinham um relacionamento. Porém, ao ser questionada, Laura revela que nunca namorou Flynn e que não era tão próxima do professor como é descrito no livro.

Enquanto tenta desvendar o mistério, John percebe que está literalmente em um jogo de espelhos, onde a verdade é distorcida e possuindo muitas formas. Quando mais ele se dedica a esse trabalho, mais longe ele fica de sua vida real e as consequências podem ser desastrosas para ele.

Roy Freeman foi um dos policiais que investigaram o assassinato, agora aposentado ele se depara com a história novamente. Depois que lê o manuscrito que Keller lhe manda, ele começa a investigar novamente a história acreditando ter deixado passar alguma coisa. Com empenho, Roy começa a desenterrar segredos soterrados há mais de duas décadas.

“Alguém disse, certa vez, que o início e o fim de uma história não existem. São só instantes escolhidos subjetivamente por um narrador para permitir que o leitor possa observar um acontecimento que começou um tempo antes e terminará um tempo depois.”

Todas as informações guardadas em nossa memória são reais? Até que ponto nossa memória é um espelho exato do que vivemos, sentimos ou vimos? Quando cada personagem olha para o passado, a interpretação dos fatos, dos sentimentos, do comportamento, tudo muda. As memórias moldam um passado ideal para o presente de cada um.

O livro é divido em três partes: Peter, John e Roy. Cada parte contada em primeira pessoa, revelando todos acontecimentos. É uma história inteligente, que exige raciocínio e te deixa vidrado, sem desgrudar das páginas até ter devorado todas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s